Pagamentos via NFC não são seguros?

Com o avanço tecnológico, muitas áreas de nossas vidas começaram a ser otimizadas com o uso de dispositivos eletrônicos. A área financeira é só um dos exemplos. Hoje, por exemplo, podemos realizar pagamentos por meio do smartphone via NFC (Near Field Communication), carteira digital ou internet banking.

Porém, essas novas formas de pagamentos ainda estão no seu início no Brasil. Isso se deve à falta de conhecimento, por parte dos consumidores e comerciantes, e também ao medo delas não serem tão seguras. Os pagamentos via NFC são seguros e veremos, a seguir, os motivos que nos levam a essa afirmação.

Proteção por proximidade

Uma das proteções que a tecnologia NFC apresenta é a questão dela funcionar em distâncias muito curtas. Dessa forma, seria preciso que o ladrão de dados estivesse muito próximo de você para roubar algum dado da transação.

Ativação pelo usuário

Para dar início à transação, é preciso que o cliente inicie o processo de pagamento via NFC. Isso é feito por meio de um aplicativo específico, como Samsung Pay, Apple Pay ou Android Pay, que estabelece comunicação com o leitor do comerciante.

Em certos smartphones, é possível configurar para que a transação só ocorra após a confirmação por impressão digital ou código de acesso privado. Dessa forma, mesmo que o ladrão fique próximo o suficiente, ele terá dificuldades em roubar qualquer dado. Além do mais, nenhuma transação pode acontecer no modo de espera.

Proteção pela validação

O pagamento só pode ser concluído após ser feita a validação. Esta atribui uma assinatura digital exclusiva para cada pagamento, fazendo com que nenhum dado do cartão de crédito ou débito seja transferido durante a transação.

Apesar de os pagamentos via NFC serem seguros, eles podem apresentar falhas de segurança, como qualquer outro tipo de tecnologia. Por isso, confira, abaixo, algumas dicas de como manter seus dados em segurança.

Atualize seu aplicativo

É importante que o aplicativo que você utiliza para realizar pagamentos via NFC esteja atualizado. A atualização lhe dá acesso a recursos novos, correções de segurança, entre outras funções mais recentes.

Utilize senhas

Hoje em dia, todos os celulares apresentam sistema para colocar senha, podendo ser em forma de código numérico, desenho ou biométrico. Isso não é em vão, já que como utilizamos o celular para acessar redes sociais, e-mail, realizar pagamentos, entre outras funções, é preciso protegê-lo.

Imagine só, ter seu celular roubado? Seus dados estarão mais protegidos se o celular tiver senha. Por isso, proteja seu smartphone com senha.

Encerre o aplicativo

Quando não estiver utilizando o aplicativo de NFC, encerre-o. Assim, você limita a exposição dos seus dados a invasores. Além de economizar energia.

A tecnologia NFC proporciona mais liberdade para o usuário. Já que com ela, você pode escolher deixar a carteira na bolsa ou mochila e realizar todos os seus pagamentos por meio do celular. Se você pensa que pagamentos NFC são sem segurança, isso é uma ideia equivocada.

Todo dispositivo ou software é projetado para ser eficiente e seguro. Apesar de apresentarem falhas, estas são mínimas e podem ser evitadas por meio de um bom uso da tecnologia.


Posts relacionados

5 Dicas de gestão financeira para o seu restaurante

5 Dicas de gestão financeira para o seu restaurante

Um restaurante não vive apenas de boa comida e bom atendimento. Apesar desses dois pontos serem importantes para...

Como receber de um cliente a distância?

Como receber de um cliente a distância?

Hoje, há um grande crescimento do trabalho home office e com isso, muitos dos clientes são de outras...