Dicas para renegociar a dívida do cartão de crédito

Devido às altas taxas do cartão de crédito, é muito fácil se tornar inadimplente. Às vezes perdemos o controle dos gastos e ficamos endividados.

Separamos algumas dicas eficientes para renegociar a dívida do cartão de crédito.

Lápis e papel na mão

O primeiro passo é anotar todos os seus gastos. Seja em um papel ou em uma planilha no computador, é importante que você organize as contas.

Antes disso, confira qual é o valor da dívida inicial, quanto já foi pago e qual o valor com os juros. Avalie se a negociação está sendo justa.

Ligue para a central

Essa negociação é extrajudicial. Ligue para a central do cartão de crédito e mostre que você tem interesse em resolver essa questão e quitar a dívida. Tente negociar com o gerente ou com a administradora do cartão um valor que você pode pagar. É possível chegar em algum tipo de acordo.

CET – Custo efetivo total

Procure saber o CET, ou seja, valor total, com juros, taxas e impostos que serão cobrados.

Prefira parcelas fixas

Ao negociar, prefira pagar parcelas fixas, que não vão aumentar a cada mês. E não adianta pagar somente o mínimo do cartão, pois ele abrange apenas os juros.

As novas regras do rotativo

Com as novas regras, o consumidor só pode fazer o pagamento mínimo de 15% do cartão por um mês. Na fatura seguinte, o banco não pode mais rodar a dívida.

O cliente precisa paga o valor total ou então parcelar a dívida em outra linha de crédito, com o juros mais barato. Saiba mais aqui.

Procure ajuda de órgãos

Caso não consiga firmar um acordo satisfatório, procure órgãos que prestam assessoria gratuita, como a Associação Nacional dos Consumidores de Crédito (ANDEC), o PROCON ou a Defensoria Pública de sua cidade.

Taxa menores

Como as taxas são muito altas, estude a possibilidade de adquirir um empréstimo com juros mais baixos. Assim, será possível pagar o cartão à vista e fugir das taxas.

Ação na justiça

Entre com uma Ação Revisional de Contrato, para revisar os juros cobrados pela administradora. Um acordo amigável muitas vezes é possível, pois costumam procurar os clientes que entraram na justiça para negociar antes do julgamento da ação.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário e boa sorte!


Posts relacionados

Os melhores apps para transferir valores entre os amigos

Os melhores apps para transferir valores entre os amigos

Quantas vezes você já ficou devendo para o seu amigo por não ter a quantia exata em dinheiro...

Os melhores bistrôs em Florianópolis-SC

Os melhores bistrôs em Florianópolis-SC

Florianópolis tem muito a oferecer na questão de culinária e natureza. A capital de Santa Catarina tem lindas...