Conheça as diferenças entre pagamentos via NFC e QR code

Muitos são os aplicativos e bancos que estão aderindo aos pagamentos via QR Code e NFC. Porém, diante de novidades como essa é comum que as pessoas tenham receio de começar a utilizá-la no dia a dia. Seja porque não sabem bem como funciona essa forma de pagamento ou pela questão da segurança.

Pensando nisso, saiba como funcionam os pagamentos via NFC e QR Code. Além disso, confira quais as principais diferenças entre essas duas tecnologias.

Como funcionam os pagamentos via QR Code

O QR Code (Quick Response Code) é um código de barras bidimensional ─ por possuir informações na vertical e na horizontal ─ que pode ser utilizado no pagamento de contas via celular. Esse código pode ser lido por qualquer dispositivo móvel com câmera e com um leitor de QR Code.

Alguns aplicativos de pagamentos, como o Code Money e o PicPay, utilizam o QR Code para fazer as transações. Por exemplo, o Code Money gera um QR Code no dispositivo do comprador. Este mostra o código ao vendedor que digita o valor do recebimento em seu aplicativo e faz a leitura do QR Code com a câmera do seu celular. Assim, a transação é finalizada e registrada no histórico do comprador e do vendedor.

O QR Code, por mais que se duvide, é seguro. Ele evita fraudes ou pagamentos duplicados. Além disso, ele é prático e otimiza a vida do comerciante e do cliente.

Como funcionam os pagamentos via NFC

O NFC (Near Field Communication) é conhecido também como pagamento por aproximação. Ele é uma tecnologia que faz a troca de dados entre dispositivos que estão bem próximos um dos outros.

Essa tecnologia é utilizada em pagamentos quando um celular, pulseira ou cartão dispõe dela e, na hora de pagar a conta, esses dispositivos são aproximados de leitores de cartão que possuem a mesma tecnologia. Dessa forma, os dados são trocados e a conta é paga sem precisar inserir nada na máquina e sem utilizar dinheiro.

Com relação à segurança, esse meio de pagamento é seguro, pois é gerado um tipo de criptografia a cada transação, que protege os seus dados e os do cartão. Além do mais, você não precisará sair com dinheiro e nem cartão, evitando roubo do dinheiro ou de ter o cartão clonado, respectivamente.

Diferenças entre pagamentos via NFC e QR Code

Essas duas formas de pagamento estão disponíveis e facilitam a vida das pessoas. Além de trazerem maior segurança nas transações. A seguir, veremos quais as principais diferenças entre elas.

Tecnologia

A tecnologia utilizada para cada uma das formas de pagamento é diferente. Enquanto o QR Code utiliza de um código de barras bidimensional, o NFC funciona enviando dados de um dispositivo a outro.

Para que o QR Code funcione é preciso apenas de um programa que gere ele e outro que o leia. Já o NFC, é preciso que os dois dispositivos venham equipados com a tecnologia.

Dispositivos

As duas formas de pagamento funcionam em dispositivos diferentes, apenas o celular suporta ambas. Enquanto o pagamento via NFC se dá pelo celular, pulseira e cartão, o QR Code funciona apenas no celular.

Assim, temos uma variedade maior de dispositivos para pagamentos via NFC. Porém, é preciso um leitor de cartão para fazer a transação. Já o pagamento via QR Code só necessita de dois celulares com um aplicativo de pagamento.

Segurança

A forma com que a transação é protegida muda conforme for a tecnologia. No pagamento via NFC é gerado um código criptografado para que os dados do cartão e pessoais sejam mantidos em segurança. Já no pagamento via QR Code, como o da Code Money, o código é atualizado a cada intervalo de tempo para evitar que o utilizem para meios ilícitos.Ambas as tecnologias, seja os pagamentos via NFC ou via QR Code, apesar de terem suas diferenças, são seguros e proporcionam praticidade para quem os utiliza. Se ainda tem tanto receio ainda sobre a segurança deles, confira como os pagamentos via NFC são tão seguros.


Posts relacionados

Como funcionam os pagamentos com QR Code na China

Como funcionam os pagamentos com QR Code na China

A China é hoje um dos países mais desenvolvido tecnologicamente. Um dos exemplos que podemos citar são os...

5 dicas para montar uma cozinha industrial de sucesso

5 dicas para montar uma cozinha industrial de sucesso

Ao montar um restaurante ou uma lanchonete precisamos pensar em qual será a culinária servida e isso nos...