As 20 atividades mais comuns para MEI

Ser MEI (Microempreendedor Individual) pode gerar boas oportunidades, como poder emitir notas fiscais e ter seu próprio estabelecimento sem muita burocracia e sem gastar muito. Porém, muitas pessoas têm dúvidas sobre quais ocupações são permitidas para se enquadrar como MEI.

No post de hoje veremos quais as atividades mais comuns para MEI, além de quais são os benefícios e deveres de um Microempreendedor Individual. Vamos começar entendendo como podemos nos tornar MEI.

Como se tornar um MEI

Tornar-se um MEI é muito simples. Primeiro, é necessário acessar o Portal do Empreendedor e realizar seu cadastro. Ao final do cadastro você já receberá seu CNPJ, ou seja, você já tem uma empresa no seu nome. Agora é a hora de adquirir seu alvará de funcionamento.

Para isso, vá até a prefeitura e informe-se sobre quais documentos serão necessários. Geralmente, você precisará de um documento emitido pelo corpo de bombeiros. Se a sua empresa é do ramo alimentício, também precisará de um documento da vigilância sanitária. Feito isso, é só voltar à prefeitura para entregar os documentos. Eles vão te cadastrar no sistema da prefeitura para você ter acesso à emissão de nota fiscal e entregar o alvará.

Esse processo realizado na prefeitura e os documentos que eles pedem podem mudar, pois depende da administração de cada município. Então, por isso é importante ir até o órgão municipal e se informar como é feito o cadastro para conseguir seu alvará de funcionamento.

Benefícios e deveres do MEI

Ser MEI proporciona alguns benefícios para o trabalhador, como o direito à aposentadoria por idade, auxílio doença, aposentadoria por invalidez e salário-maternidade. Além dos benefícios previdenciários, o MEI paga apenas um imposto fixo mensal.  

Outros benefícios ficam por conta da desburocratização da criação da empresa, que é muito rápida e necessita de poucos processos, e da facilidade em conseguir empréstimos em nome da empresa.

Por outro lado, o MEI também tem deveres, como pagar em dia a contribuição mensal, manter o alvará de funcionamento dentro da validade e fazer a declaração anual. Porém, comparado com outras empresas, são poucos os deveres.

Tudo isso foi feito para que as pessoas que tinham um trabalho informal pudessem criar sua empresa e, assim, ganhar benefícios e contribuir com o governo. Dessa forma, várias pessoas que eram autônomas puderam e ainda podem se tornar MEIs.

20 atividades mais comuns para MEI

Confira abaixo, as 20 atividades mais comuns para quem é MEI:

  1. artesão;
  2. cabeleireira;
  3. massagista;
  4. pintor;
  5. vendedor de roupas;
  6. eletricista;
  7. professor particular;
  8. pedreiro;
  9. bares;
  10. minimercados;
  11. barbeiro;
  12. diarista;
  13. doceiro;
  14. esteticista;
  15. fotógrafo;
  16. guia de turismo;
  17. jardineiro;
  18. maquiador;
  19. taxista;
  20. tatuador.

Estas são atividades mais comuns, mas no Portal do Empreendedor você encontra uma lista contendo todas as atividades que alguém pode praticar sendo MEI. Então, se você tem um trabalho informal que se enquadra em uma das atividades MEI descritas no site e quer ter os benefícios de previdência, faça seu cadastro.

Dessa forma, você pode emitir notas fiscais para seus clientes pelos produtos e serviços que você oferece. Além disso, garante aposentadoria e consegue empréstimos melhores para investir em sua empresa.


Posts relacionados

A expansão do QR Code como meio de pagamento no Brasil

A expansão do QR Code como meio de pagamento no Brasil

Os pagamentos com QR Code já são uma realidade em diversos países pelo mundo, como China, Suécia, Holanda...

Quais as diferenças entre os níveis do ranking Code Money?

Quais as diferenças entre os níveis do ranking Code Money?

O Code Money é uma carteira digital que conta com algumas funcionalidades, como pagar por suas compras em...