A influência dos pagamentos instantâneos para as fintechs brasileiras

Os pagamentos instantâneos estão sendo implementados no Brasil. Segundo previsão do Banco Central, 2020 é o ano em que eles entrarão em vigor em todo o país. Isso proporcionará uma mudança na forma com que pagamos e, sobretudo, em relação a qual meio de pagamento utilizamos.

Hoje, temos disponível dinheiro em espécie, cartão, cheque e carteiras digitais. Apesar de muitos utilizarem o cartão, o dinheiro em espécie ainda domina o mercado. Já as carteiras digitais são ferramentas mais novas, mas que já começaram a fazer parte da vida financeira de uma parcela da população.

O que se espera com a implantação dos pagamentos instantâneos é que as carteiras digitais e outros aplicativos financeiros passem a ser mais utilizados do que os antigos meios que ainda estão em uso.

Qual a influência dos pagamentos instantâneos para as fintechs?

As fintechs são empresas que desenvolvem e disponibilizam serviços financeiros. Elas procuram lançar ferramentas inovadoras para otimizar os processos e o nosso dia a dia. Por exemplo, o Nubank é uma fintech que começou com o serviço de cartão de crédito sem anuidade e com pouca burocracia. Hoje, ele já tem uma conta digital, cartão de débito e até investimento em CDB diário. 

Sendo assim, com o pagamento instantâneo estando em funcionamento no Brasil, muitas fintechs brasileiras nascerão para oferecer soluções inovadoras. Além disso, as que já estão ativas também irão criar suas ferramentas e serviços para essa nova modalidade de pagamento.

Segundo o Banco Central, elas podem se constituir tanto como prestadoras de serviço de iniciação de pagamento quanto como instituições de pagamento. São muitas as possibilidades de novos serviços provenientes de fintechs surgirem nos próximos anos. 

Isso irá beneficiar tanto os pagadores como recebedores. Aliás, hoje já temos algumas fintechs que oferecem serviços semelhantes ao pagamento instantâneo. É o caso, novamente, do Nubank, que oferece o serviço de transferência entre contas, sem nenhuma taxa e com o dinheiro disponível imediatamente para o beneficiado. Porém, isso só pode ser feito entre um horário estabelecido pelo Nubank.

O que vai mudar em questão de pagamento?

Com os pagamentos instantâneos nosso dia a dia vai ser tornar mais prático. Pois, imagine que você tenha que pagar um amigo que mora em outra cidade. Hoje, para fazer essa transferência, algumas instituições cobram. Porém, com os novos serviços que irão surgir, as taxas serão reduzidas, podendo nem ser cobradas por algumas fintechs. 

Outro ponto é que teremos mais opções de serviços de pagamentos instantâneos, pois essas startups financeiras vão querer aproveitar o momento e criar seus próprios sistemas e serviços. 

Vamos presenciar mais uma evolução no mercado financeiro e no sistema de pagamentos. E, mesmo que em seu início, as pessoas demorem a adotar essa novidade, esse é o futuro dos pagamentos. Aliás, em alguns países, isso já é uma realidade presente há alguns anos. 

O que precisamos é torcer para que o Banco Central consiga implantar esse sistema de pagamentos instantâneos dentro do prazo estipulado, para que, quanto antes, possamos nos beneficiar das suas novidades.


Posts relacionados

O que são fintechs?

O que são fintechs?

A tecnologia tem revolucionado muitos mercados nos últimos anos e um deles é o financeiro. Com isso surgiram...

Como será a revolução dos pagamentos instantâneos em 2020

Como será a revolução dos pagamentos instantâneos em 2020

O ano de 2020 está sendo muito esperado pelas fintechs e pela população que gosta de praticidade e...