8 dicas para manter a organização financeira pessoal

A falta de organização financeira pessoal é um problema real presente na vida de muitos empresários. Manter essa organização demanda tempo, mas é possível colocar tudo em ordem e regular suas finanças. Esse artigo vai apresentar 8 dicas para te ajudar nesse processo.

1. Gaste menos do que ganha

A primeira dica é óbvia. Gaste apenas o dinheiro que você tem. Parece simples, mas muitos caem nessa armadilha, principalmente com o uso do cartão de crédito. Então tome cuidado, e, se necessário, abandone esse tipo de cartão. Desenvolva novos hábitos para conseguir alcançar esse objetivo e faça uma planilha de despesas detalhada, com o que você gastou em dinheiro, crédito e débito para ter um controle minucioso ao final do mês. Recomenda-se o uso de débito em vez de dinheiro, pois, dessa forma, o recibo aparecerá no extrato, facilitando o processo. Feito isso, você também poderá iniciar o planejamento de um orçamento anual.

2. Livre-se das dívidas

Uma boa forma de se livrar das dívidas é entrando em contato com os credores para saber qual o valor atual e tentar pagá-lo à vista. Faça uma contraproposta interessante para tentar reduzí-la.

3. Tenha um fundo de emergência

O fundo de emergência é extremamente essencial para quem quer controlar a vida financeira. Ele tem como objetivo cobrir as despesas em situações que fugirem de controle. Para isso pode-se utilizar da “Regra 50-15-35”. Divida as despesas em três categorias e para cada uma, uma parcela da renda: 50% para gastos indispensáveis, 15% para prioridades financeiras e 35% para despesas relacionadas ao estilo de vida.

4. Metas

O estabelecimento de objetivos finais ajuda muito no planejamento financeiro. Uma viagem ou um carro novo? Qualquer que seja sua meta, seja ela de curto, médio ou longo prazo, ajudará a economizar um dinheiro que será importante.

5. Reduza as contas

Tente reduzir o número de contas em instituições diferentes para facilitar o controle. Concentrar tudo em uma instituição só seria o ideal, mas nem sempre é possível.

6. Estabeleça um bom método para guardar recibos

Guardar e manter os recibos organizados é um outro passo para uma organização financeira eficiente. Caso necessário, separe os recibos por tipo ou categoria para simplificar a organização, mas não seja detalhista em excesso.

7. Tenha sempre um bloco para anotação

Acompanhar seus gastos de perto é o melhor jeito de começar a se organizar financeiramente. Para isso, tenha sempre consigo um lugar para fazer anotações sempre que necessário.

8. Use um aplicativo ou software

Nem sempre é fácil fazer isso tudo sozinho e, portanto, já existem no mercado alguns programas de computador que ajudam no processo organizacional das finanças. O Code Money é uma aplicativo que funciona como um grande facilitador de transações financeiras. Saiba mais sobre ele clicando aqui.

Em suma, dedique um tempo por mês para colocar as suas finanças em dia. Mantenha seus boletos, extratos, cartões organizados e monte um método para que todo mês isso seja feito com eficiência.


Posts relacionados

Principais restaurantes em Campos do Jordão-SP

Principais restaurantes em Campos do Jordão-SP

Para quem está de passagem por Campos do Jordão, no estado de São Paulo, ou tem essa cidade...

Melhores padarias do Brasil

Melhores padarias do Brasil

Saborear um bom café com um pão fresquinho, feito a partir de fermentação natural, é a melhor coisa...