5 soluções para autoatendimento em seu restaurante

Um restaurante pode melhorar muito seu atendimento e oferecer mais praticidade para os seus clientes ao dispor de soluções de autoatendimento. Além de oferecer um serviço mais eficiente, gera economia ao não precisar contar com tantos garçons e atendentes. 

Confira, a seguir, 5 soluções de autoatendimento para restaurante. Todas elas fazem uso da tecnologia e qualquer restaurante pode oferecer aos seus clientes.

1. Cardápio digital

O cardápio digital reduz o tempo de espera do cliente para fazer o pedido e para recebê-lo. Além disso, ele tem total autonomia do que pedir e pode verificar o que já consumiu, bem como o valor da sua conta.

O cardápio digital funciona por meio de um tablet. Ele fica disponível nas mesas do restaurante, já com o cardápio aberto, e, assim, os clientes podem fazer seu pedido. Normalmente, ele vem acompanhado de um cartão com um código QR Code para que o cliente, ao fazer o pedido pelo tablet, aproxime o cartão da câmera do aparelho e, assim, o valor seja adicionado em sua conta. Dessa forma, ao pagar a conta, é só apresentar o cartão no caixa.

2. Totem de autoatendimento

O totem de atendimento possibilita que o cliente faça seu pedido e pague o que consumiu em restaurantes. Isso reduz o investimento com funcionários e cardápios físicos. 

Para usá-lo, basta que o cliente navegue pelo cardápio disponível no totem. Depois, se o pagamento for por cartão de crédito ou débito, é possível fazê-lo pelo totem também. Após o pedido feito e pago, é só aguardar ele ficar pronto. 

Quando estiver pronto, o cliente pode pegá-lo no balcão ou por um sistema de senhas, recebê-lo na sua mesa. Dessa forma, o processo de fazer o pedido e recebê-lo é automatizado e evita-se erros de anotação de pedido, por exemplo.

3. Comanda em formato de cartão

Em alguns estabelecimentos, eles não trabalham mais com comanda de papel, onde é necessário assinalar o que o cliente pediu. Ela foi substituída pelo cartão, que pode conter um QR Code ou apenas um número. 

Os que têm um código são lidos pelo celular do garçom. Assim, sempre que o cliente faz um pedido, o garçom o anota no aplicativo do celular e lê o código do cartão para incluí-lo na conta do cliente. Para os cartões que contêm apenas um número, o garçom faz o mesmo procedimento citado anteriormente. Porém, em vez de ler o QR Code, ele pede o número do cartão. 

Esse sistema de cartão, facilita na hora de fechar a conta. Pois, cada cliente que quiser pagar apenas o que consumiu pode pedir um cartão individual. Assim, o atendente do caixa não precisa dividir os valores na hora do pagamento e nem ficar perguntando quem comeu o que. 

4. Chopeira self-service

As cervejarias artesanais estão em alta, sendo assim, é muito comum encontrar restaurantes e bares que contam com mais de uma torneira chope diferente. Algumas disponibilizam até 20 torneiras de chope.

Porém, para que não se tenha um ou mais atendentes atrás do balcão para servir os clientes, o estabelecimento pode oferecer uma chopeira self-service. Para utilizá-la, os clientes recebem um cartão com um código QR Code. 

Ao ir na chopeira, o cliente passa o cartão pelo leitor referente à torneira de chope que se quer consumir. Assim, o leitor libera a torneira e o cliente pode se servir. A contagem é feita por ml servida. Isso significa que o cliente paga exatamente pela quantidade de chope que consumiu.

Ao final, basta passar no caixa e apresentar o cartão. O atendente irá fazer a leitura do código e no sistema irá aparecer todos os tipos de chope que foram consumidos, bem como a quantidade em ml de cada um.

5. Esteira com comida

Alguns restaurantes orientais contam com uma forma diferente de servirem seus clientes: o sistema Kaiten. Ele consiste em uma esteira em que são colocados os pratos que o restaurante prepara. Assim, essa esteira passa na lateral da mesa dos clientes e eles podem pegar o que quiserem provar.

Cada prato conta com uma cor específica e com preços fixos. No menu o cliente pode verificar qual é o preço para cada cor de prato. Assim, quando as opções passarem pela esteira, ele pode pegar apenas o que caber em seu bolso. 

Isso possibilita que o cliente não precise esperar pelo garçom para fazer seu pedido e nem esperar para recebê-lo. 

Um restaurante não precisa dispor de todas as opções de soluções de autoatendimento. Porém, ao contar com uma ou mais vai proporcionar melhorias, tanto no atendimento quanto na espera pelos pratos e na hora de pagar.

Já que estamos falando sobre melhorias no restaurante, acesse nosso post sobre como otimizar o tempo em seu estabelecimento.


Posts relacionados

Como funcionam os pagamentos com QR Code na China

Como funcionam os pagamentos com QR Code na China

A China é hoje um dos países mais desenvolvido tecnologicamente. Um dos exemplos que podemos citar são os...

5 dicas para montar uma cozinha industrial de sucesso

5 dicas para montar uma cozinha industrial de sucesso

Ao montar um restaurante ou uma lanchonete precisamos pensar em qual será a culinária servida e isso nos...