5 Dicas contábeis para a sua pizzaria

Ser dono de uma pizzaria exige vários conhecimentos, como administrar o financeiro, a equipe de funcionários, comprar as mercadorias para o estoque e até criar pratos para o menu, dependendo do tamanho do seu negócio. Com tantas funções, ainda é preciso cuidar da contabilidade.

Porém, nem todos os donos de pizzaria conhecem tanto sobre esse assunto para saber aplicá-lo da melhor forma no seu dia a dia de trabalho. Por isso, listamos algumas dicas de contabilidade para pizzaria.

1. Fique atento aos custos de alimentos e mão de obra

Manter na ponta do lápis os custos com alimentos e mão de obra é essencial para ter um controle de gastos. O cálculo para saber o custo dos alimentos vai depender se o estabelecimento vende apenas pizzas à la carte ou faz rodízio.

É importante anotar os custos que tem com os alimentos, o quanto recebe pelas vendas e ver quanto há de desperdício. Assim, pode-se tentar reduzir ao máximo o desperdício e aumentar o lucro com as vendas.

O mesmo deve ser feito com o pagamento dos funcionários. É preciso anotar tudo o que se paga a eles. Mais uma vez, o cálculo vai depender de cada estabelecimento, pois há funcionários com carteira assinada e outros freelancers, que são pagos por dia trabalhado. Normalmente, o custo com funcionários deve ser 25% do gasto semanal.

2. Mantenha as finanças pessoais separada das empresariais

É muito comum ver empreendedores iniciantes misturar as finanças pessoais com as da empresa. Isso não deve acontecer para quem é dono de pizzaria. A empresa deve ter os gastos e os lucros dela e o dono deve ter seus gastos e lucros.

Para separar definitivamente, é importante implementar o pró-labore, que é um salário pago ao dono ou sócios do estabelecimento. Contudo, é recomendado não pegar mais nada de dinheiro do caixa da pizzaria e nem utilizar o cartão de crédito da empresa. Isso evita problemas com a legislação e com o controle de caixa.

3. Registre entradas e saídas

É importante registrar tudo que entra e sai da pizzaria. Por exemplo, pedir as notas fiscais das mercadorias que chegam, utilizar folhas de pagamento para pagar os funcionários com carteira assinada e recibo com os que são freelancers, guardar o registro do caixa e outros comprovantes.

Todos esses documentos precisam ser guardados e entregues ao contador, caso ele peça. São essas folhas que vão comprovar as movimentações de dinheiro do caixa. Sem elas não é possível comprovar nada.

Além disso, com esses registros será possível analisar as contas da pizzaria e verificar se o negócio está bom ou se precisa fazer corte de gastos. Então, além de guardá-los, é preciso mantê-los organizados. Uma dica é separá-los por vendas, despesas, folha de pagamento e impostos.

4. Controle o estoque

O controle de estoque é muito importante para a pizzaria, já que ela trabalha com produtos perecíveis e com verduras, que estragam rapidamente. Sendo assim, é preciso verificar semanalmente quais itens precisam comprar e quais podem estar perto do prazo de validade.

Com um bom controle de estoque é possível evitar desperdício de dinheiro e promover um bom fluxo de caixa. Caso tenha alguma mercadoria perto do vencimento, é indicado fazer uma promoção para limpar o estoque.

5. Contrate um contador

Toda empresa, exceto MEI (Microempreendedor Individual), é obrigada a contratar um contador para administrar os impostos e outros deveres empresariais, como pagamento de funcionários. Mas, além disso, ter um contador é essencial para não ficar com pendências administrativas.

Até porque, quem escolhe abrir uma pizzaria, normalmente, é porque gosta de cozinhar ou já trabalhou como funcionário no ramo e gostou da logística do negócio. Sendo assim, ter alguém que cuide da contabilidade da empresa é essencial.

Aproveite essas dicas de contabilidade para pizzaria e confira se você está aplicando todas elas. Caso você esteja ainda no processo de abrir seu próprio negócio, não deixe de praticar essas dicas para facilitar o seu dia a dia.


Posts relacionados

A expansão do QR Code como meio de pagamento no Brasil

A expansão do QR Code como meio de pagamento no Brasil

Os pagamentos com QR Code já são uma realidade em diversos países pelo mundo, como China, Suécia, Holanda...

Quais as diferenças entre os níveis do ranking Code Money?

Quais as diferenças entre os níveis do ranking Code Money?

O Code Money é uma carteira digital que conta com algumas funcionalidades, como pagar por suas compras em...